whats
 
A importância do sistema de escapamento

 

Desprezado por muitos motoristas, que só lembram dele no caso de uma quebra, o sistema de escapamento é um dos mais importantes para o bom funcionamento do motor. Qualquer problema interfere diretamente no desempenho e, principalmente, no consumo do carro.

Tenho um Corsa Sedan 00/01 e, com frequência, aparecem vazamentos de óleo na parte de baixo do motor, perto do escapamento. Alguns mecânicos me disseram que é normal em carros da GM, isso procede?
Nenhum vazamento é normal, seja em qual carro for. A dica para saber o que acontece é lavar o motor, tomando os devidos cuidados. Antes de tudo, evite jogar água quando o motor ainda estiver quente. Na hora da lavagem não use produtos químicos e derivados de petróleo, pois esses agentes químicos podem corroer as peças de borracha do motor e também afetar o sistema elétrico. É importante nunca usar água sob pressão, pois pode comprometer sensores e componentes elétricos e eletrônicos. Depois comece a observar o ponto onde ocorre o vazamento. Desse modo fica mais fácil para o mecânico encontrar a falha.

Por que as fábricas não produzem escapamentos de aço inox, que são bem mais duráveis? 
Sem dúvida alguma pelo custo, uma vez que um sistema de escape em inox seria inviável financeiramente em larga escala de produção, além do peso excedente. Algumas pessoas fazem essa peça, mas para carros customizados, por serem mais bonitos e valorizarem o resultado final. Em carros de competição também e comum encontrá-lo, já que aguenta temperaturas mais elevadas.

Já tive de trocar vários escapamentos do meu carro. Será que a gasolina usada no Brasil tem algo a ver com o que acontece, pois eles danificam muito rápido?
Não tenha dúvidas, a qualidade do combustível está ligada diretamente à vida útil do sistema de escapamento. Tanto os silenciadores quanto o catalisador sofrem com o combustível, que, não bastasse ter uma apenas razoável, ainda é “batizado” por muitos postos.

A durabilidade dos escapamentos de carros a diesel é maior?
Sim, o sistema de escapamento dos motores a diesel aguenta muito mais tempo, se comparado aos modelos a gasolina ou álcool. Entretanto esses motores não estão livres do excesso de água no diesel, que enferruja os canos e silenciadores. Mais uma vez, a qualidade do combustível é que determina a vida útil do sistema de escapamento.

Gostaria de saber se é normal sair água do escapamento, pois meu carro a gasolina “cospe” muita água?
Normal não é. Essa água que sai pelo escapamento denuncia a má qualidade do combustível, uma vez que o excesso de água não é queimado na câmara de combustão e acaba eliminado pelo escapamento. Isso ocorre muito mais nos motores a álcool, cuja adulteração descarada enche os tanques de água.

Quero saber se um escapamento furado prejudica o desempenho do motor e aumenta o consumo de combustível?
Conforme a localização desse furo – quanto mais próximo do motor pior – o veículo perde muito rendimento, pois a sonda lambda, que controla os gases, fica “doida” e não passa as informações corretas para a central eletrônica. Quando isso acontece, o desempenho e o consumo alteram bastante. Qualquer alteração no sistema de escapamento pode até melhorar o desempenho (dimensionados, por exemplo), mas o consumo será sempre prejudicado.

Resolve colocar óleo dentro do escapamento para ele durar mais tempo?
Não é recomendado colocar óleo no escapamento, pois, além de ser uma tarefa ingrata, vai estragar o silenciador (quando tiver lã de vidro) e o catalisador, que ficará inoperante. Os motores que queimam óleo, aqueles que estão velhos ou “batendo pino”, costumam despejar óleo pelo sistema de escapamento. Assim, caso queira revender seu carro depois, a interpretação por parte do comprador será de que ele estará com o motor comprometido. A melhor opção é fazer as inspeções periódicas e ficar atento à qualidade do combustível.

Qual o melhor sistema de escapamento a ser utilizado, interior com chapas ou interior com fibra de vidro?
Cada um tem suas virtudes e o ideal seria a combinação de ambos. O modelo com labirinto de chapas tende a durar mais, porém o modelo com lã de vidro controla melhor o ruído. Ao final, tudo vai depender da engenharia, que estuda a melhor posição do sistema, bem como os encaixes e pontos de fixação. É muito difícil o motorista encontrar um modelo que oferece as duas opções para o mesmo sistema de escapamento e caso encontre, não será uma peça original ou de boa qualidade.

Gostaria de saber se, quando chegar o tempo determinado para troca, o ideal é trocar todo o escapamento ou só uma das partes?
Se o seu carro é bem cuidado, sua necessidade vai ser apenas a troca dos silenciadores, abafadores e do catalisador. Mas isso também vai depender do uso, se o automóvel trafegar por estradas de terra esburacadas, por exemplo, ou mesmo se a entrada de sua garagem for baixa, em que o carro raspe constantemente no chão, aí sim todo o sistema, incluindo os canos, deverá ser substituído, pois os encaixes poderão estar amassados.

 

Fonte: g1.com

 
 
 
   
Rua Boqueirão, 1702 Igara - Canoas - RS Tel: (51) 3463-8030
Central Surdinas 2010 - todos os direitos reservados